Primeiros Voos: a história de Kelly e David

Postado: 18 de agosto de 2014 | 21:25
foto:

Pra quem não conhece tão bem, Kelly é uma menina prestes a se formar em publicidade. Meiga, cabelos castanhos e de voz calma. O que poucos sabem é que por trás dessa menina, existe uma mulher que gosta de desafios, que sonha em se tornar uma publicitária com uma carreira sólida e um dia constituir uma família com direito a tudo!

Kelly Oliveira é nossa primeira convidada para a editoria de Primeiros Voos, onde contaremos histórias de pessoas que por diversos motivos saíram do comodismo, foram atrás de seus sonhos, projetos ou até mesmo matar a saudade!

Há pouco mais de cinco meses, Kelly conheceu David. “Foi em um aniversário de uma amiga, conversamos muito pouco, infelizmente tive que ir embora por problemas pessoais. Ele pediu meu telefone, mas eu mal o conhecia. Disse apenas meu nome e fui embora”. Conta, Kelly.

Mas essa história não acabou por aí, decidido a encontrar Kelly, ele saiu a procura dela nas redes sociais, e com sucesso à encontrou alguns dias depois. A partir desse momento a conversa fluiu, descobriram que compartilhavam da mesma opinião sobre muitos assuntos, tinham gostos parecidos. Começaram a se encontrar e isso começou a ficar cada vez mais frequente. Quando perceberam já estavam envolvidos.

Não tinha como achar que o destino estava errado, eles passaram a deixar o sentimento crescer. “Um mês após o nosso primeiro encontro ele me pediu em namoro, eu nunca disse um “sim” ou “não”, apenas o beijei e abracei, para mim não tinha uma resposta melhor naquele momento. Afinal, havia tomado uma das melhores decisões da minha vida”.

David nasceu no Rio de Janeiro, veio morar em São Paulo ainda pequeno, e algo que sempre ficou remoendo em Kelly era a saudade que David sentia dos parentes que ficaram no Rio, e que com a rotina de faculdade e trabalho, ficava difícil de encontrá-los.

“Queria preparar algo especial para ele, então, no nosso terceiro aniversário de namoro, decidi encurtar a distância, mesmo que por alguns dias, e ajudá-lo a matar essa saudade. Fomos comemorar nosso aniversário de namoro no Rio de Janeiro”.

O voo – Tudo foi feito de surpresa, David não imaginaria o que sua namorada estava preparando. Foi a primeira viagem juntos, a primeira vez de Kelly viajando de avião sem os pais e a primeira viagem dos dois de Azul. Quando Kelly contou a surpresa para o namorado, ele ficou muito feliz, animado em rever a família e poder aproveitar a Cidade Maravilhosa ao lado da namorada.

Porém, momentos antes do avião partir Kelly conta que quem ganhou uma grande surpresa foi ela. “Momentos antes do avião decolar, ele me deu uma aliança de compromisso, fiquei feliz e emocionada, não esperava algo assim. Ah, só mais uma coisa: sim, eu aceito ser sua companheira, David. Te devia essa resposta, né?”

Nós da Azul Linhas Aéreas desejamos apenas o melhor para o relacionamento da Kelly e do David. Que vocês possam sempre ficar lá em cima!

Você tem uma história que gostaria de dividir com a gente? Conte nos comentários abaixo e quem sabe, a próxima história seja a sua.

Comentários

  1. Paula

    A um ano passei no ciências sem fronteiras para a Irlanda, lá encontrei quem agora é meu namorado. Hoje estão completando 78 dias que não o vejo e pelo visto terei que esperar mais algum tempo pois depois que voltamos para o Brazil não conseguimos juntar dinheiro para comprar a passagem aérea. Espero que a azul ofereça promoções futuras de Belo Horizonte para Manaus, assim poderei revelo. Realmente eu sei bem o que é viver longe da pessoa que você ama e não ter condições financeiras para melhorar a situação.

  2. KLISMANN

    EM MEU PRIMEIRO VOO VIAJEI DE AZUL VIAJEI PARA IR PARA COPA DO MUNDO EM CUIABA ERA 4:45 SAIA EU DE RIO BRANCO RUMO A CUIABA NESTE DIA ESTAVA ALEGRE POR SABE QUE EU ESTARIA VOANDO NOS ARES RUMO A COPA FICO MUITO ALEGRE DE TER UMA EXPERIENCIA TÃO BOA E COMPARTILHAR COM VOCÊS

  3. Danilo Moro

    Ele mora em São Paulo, tem 20 anos, sonha em ser Sargento do Exercito Brasileiro. Mora numa cidade do interior paulista, Mococa. Ela tem 19 anos, mora na Capital do Brasil, Brasília, tem um sonho, ser Sargento do Exercito Brasileiro, coincidência ou não?

    Há 6 meses atrás postei uma foto com o seguinte nome #militar, no Instagram, quando cliquei no # acabei encontrando uma usuária no Instagram, Carol Tavares, vi aquelas fotos e fiquei admirado com a beleza dela, com seu sorriso, e curti todas as fotos dela, rs rs! Quando a gente acha alguém bonito, a gente acaba curtindo até o que não tem. Não é?

    E depois daquele dia começamos a conversar, pedi a ela o Facebook dela, passou alguns dias pedi o telefone, e mal ela sabia que tinha ficado encantado com ela. Pensei xiii, isso é amor!

    Passou exatamente 1 mês depois do dia 09 de fevereiro de 2014, no dia 9 de março de 2014 disse a ela que estava apaixonado por ela, que ela tinha me encantado sem mesmo conhece-la.

    E eu espero uma resposta assim, ela disse q estava apaixonada por mim, que nunca tinha se apaixonado por alguém como eu, era a melhor sensação da minha vida, acho que naquele dia, se eu pudesse gritar pro mundo ouvir, eu gritaria que estava apaixonado.

    Uma coisa nos deixava triste, era mais ou menos 1300 km de distância, até então nunca tinha voado, nunca comprado uma passagem, não sabia como funcionava para comprar passagem. Conversamos bastante e resolvemos nos conhecer pessoalmente, a gente se amava e não tinha o porque esperar!

    Dai então, resolvi procurar na internet uma companhia aérea que me levasse até Brasília. Dai então conheci a AZUL, vi aquele preço de passagem super mega hiper barato, e pensei, ”é hoje que eu vou ver meu amor, Carol”.

    Comprei passagem, com 30 dias de antecedência, tudo certinho, e pensei, agora eu vou ver, encontrei alguém para amar a vida toda!

    No dia 11 de abril de 2014 desembarquei em Brasília às 14:30, quando encontrei ela, eu parei, travei, não fazia nada, abracei ela e não soltava, olhei nos olhos dela e disse a ela que à amava.

    Pensei que naquele momento eu ia ter um treco, ou sei lá, cair duro ali no chão. Mas fiquei tão feliz que comecei a chorar de felicidade, era do jeitinho que eu imaginava, aquele sorriso me cativou tanto que fiquei igual um bobão olhando para ela.

    Essa é nossa história, um casal que se conheceu pelo Instagram, com o senhor de ser militar pelo Exercito Brasileiro, que mais uma vez a Azul ajudou a realizar.

    Hoje viajo para Brasília 2 vezes por mês para ver ela, e ela vem para cá 1 vez por mês!

    Amamos a Azul, ela nos oferece super descontos nas tarifas, juntos com os pontos que acumulamos juntos, a Azul é de mais, a melhor companhia aérea que tem no Brasil.

    Hoje Faz 6 meses que estamos juntos, quase 7 já, graças a Azul que nos possibilitou nos conhecer.

    Um dos meus sonhos é pedir a Carol em noivado dentro de uma aeronave da Azul, já que a Azul nos possibilitou nos conhecer, nada mais agradável que pedir ela em noivado junto com a própria Azul. Espero que consiga isso ainda! Junto com a Azul.

    Danilo Moro 19/08/2014

    11-9-42596214

  4. Crystal

    Olá, Azul!

    A Azul possibilitou o primeiro encontro entre eu e meu namorado, porque moramos em regiões diferentes do país. O tempo passa… foi há um ano e três meses. A nossa vida mudou muito, porque agora temos que lidar a cada dois meses com ponte aérea. Além disso, abrimos um tempo na agenda para podermos ficar juntos. O amor, quando é verdadeiro, não tem fronteiras. Ele sempre vem de Azul me ver! Futuramente, ainda vamos encher os aviões da Azul de convidados para o nosso casamento. É, a coisa está séria. Beijos carinhosos a vocês, funcionários da Azul!

Deixe uma resposta

Aviso: Todo o conteúdo do blog Azul é aberto a comentários, pois dividir ideias é uma das melhores maneiras para construirmos uma empresa melhor. Independentemente de serem positivas ou negativas para a companhia, as menções serão publicadas, mas todos os comentários serão moderados, a fim de evitar mensagens comerciais e citações ofensivas e/ou fora do contexto.